O Complexo Portuário do Açu receberá na próxima quarta-feira, 08 de novembro, a visita dos governadores Luiz Fernando Pezão (Rio de Janeiro) e o Paulo Hartung (Espírito Santo).

O evento será para celebrar o desenvolvimento da ligação ferroviária entre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Nova ferrovia no Espírito Santo vai fortalecer portos

A expansão da Vitória-Minas para o Sul do Estado abriu a oportunidade de se construir uma nova ferrovia que ligará Vitória até o Rio de Janeiro, a EF 118. O orçamento previsto para a construção da ferrovia é de R$ 7,6 bilhões.

A nova ferrovia Rio-Vitória faz parte do Programa de Infraestrutura e Logística (PIL), lançado pela presidente Dilma no mês passado, que prevê a concessão, por parte da União, de ferrovias, rodovias, portos e aeroportos em todo o país. A EF-118 terá 577,8 km de extensão, sendo 169,2 Km no Espírito Santo e 404,6 Km no Rio de Janeiro, e interligará os complexos portuários dos dois estados. O projeto prevê a implantação de seis túneis, 171 viadutos rodoviários, 130 pontes ferroviárias, 117 passagens inferiores e 60 passagens de pedestres.

Com potencial de carga de 100 milhões de toneladas por ano,EF-118 interligará a Região Metropolitana do Rio com Vila Velha, na grande Vitória.  A ferrovia se articulará com a futura EF-354 (Estrada de Ferro Transcontinental – ligação ao Peru), a partir de Campos dos Goytacazes, atravessando as regiões minerais e agrícolas de Minas Gerais e do Centro Oeste brasileiro, e possibilitando a conexão com os mercados europeu e asiático. Além disso, a nova ferrovia estará interligada com a rede da concessionária MRS, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo e Minas Gerais. E, no Espírito Santo, com a estrada de ferro Vitória-Minas.

A EF-118 atenderá a demanda da rede portuária dos dois estados, incluindo os portos de Sepetiba, Itaguaí, Macaé, Barra do Furado e Açu, no Rio de Janeiro, e os portos Central, Ubu, Tubarão e Vitória, no Espírito Santo e posicionará o Rio de Janeiro como a plataforma logística de classe mundial.