reuniao ompetro dezembro 2014

A prefeita de Campos e presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), Rosinha Garotinho, abriu a 56ª reunião ordinária da organização. A reunião foi realizada nesta quinta-feira (11), no auditório do Centro Administrativo José Alves de Azevedo, sede da Prefeitura de Campos,

e contou com a participação do prefeito de Macaé, Aluízio Júnior e de representantes de São João da Barra, Casimiro de Abreu e Búzios.

O vereador Mauro Silva representou a Câmara Municipal de Campos. O economista da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), Alcimar Chagas, ministrou palestra sobre o cenário econômico 2015, queda dos royalties, arrecadação e defendeu a integração como alternativa para o desenvolvimento.

O economista da Uenf disse que a integração é fundamental para se construir uma governança institucional. “Gera uma rede de proteção e é a alternativa que eu vejo para que a região possa avançar. Investimentos como o Porto do Açu e o Complexo Logístico e Industrial Farol/Barra do Furado geram uma transformação muito forte na região” observou Chagas.

Na avaliação dele, essa integração deverá envolver universidades, empresas e governos. Ele citou como exemplo o Porto do Açu, em São João da Barra; e o Complexo Logístico e Industrial Farol/Barra do Furado, entre Campos e Quissamã, que mexem com a economia regional.

Outros pontos defendidos pelo economista foram investimentos em setores tradicionais da economia regional, como a agricultura. Na palestra, ele também falou sobre a queda no preço do barril de petróleo, que interfere de forma negativa na arrecadação dos royalties por parte dos municípios produtores, caso das 10 cidades que fazem parte da Ompetro.

– Já sentimos os efeitos e este é um problema que não se resolverá rapidamente, pois a demanda é fraca e a oferta bastante forte – alertou o professor universitário.

fonte: http://campos24horas.com.br/portal/ompetro-economista-diz-que-integracao-e-alternativa-para-o-desenvolvimento/#.VIsRq3uPykk